Próximas Edições


Chamada para a 5ª Edição:
Direito à literatura / Direito ao grito

A próxima edição da Revista Odara propõe uma parceria com o Claro Enigma. Apesar dos cento e quinze anos do nascimento do poeta, não estamos falando de Drummond; Claro Enigma é o evento anual organizado pelos monitores e pesquisadores do Departamento de Ciência da Literatura da UFRJ desde 2013, e esse ano ocorreu nos dias 07 e 09 de novembro. O interesse dos alunos com o encontro é apresentar, debater e partilhar o núcleo e as fronteiras de suas pesquisas. A Odara adota em seu próximo número o tema proposto pelo Claro Enigma: Direito à Literatura, Direito ao Grito.

O mote do evento é pensar o impasse na reflexão e no fazer literários entre o humano e o inumano gritante. O embate surgiu de uma conversa entre os monitores sobre o texto de Antônio Cândido, Direito à Literatura, no qual propõe que a manifestação de humanidade seria uma expressão inerente à Literatura e cuja fruição deveria ser um amplo direito. À essa noção, contrapôs-se durante o debate a ideia de que a Literatura seria também espaço para o desordenado e o inumano. Por outro lado, um dos subtítulos de A Hora da Estrela, de Clarice Lispector, é Direito ao Grito. O nome anuncia um lançamento naquilo que é desregrado, na busca a dar voz às inúmeras tentativas de um fazer literário árduo, feito mediante a recusa e a dificuldade da forma. Ainda em Clarice, a obra intitulada Água Viva, grande instante de reflexão sobre escrita, havia antes sido nomeado Objeto gritante. Para a escritora, portanto, a literatura gritava, a escrita perdia o contorno e, muitas vezes para os críticos, perdia-se até mesmo o que se considerava ser Literatura.

A Odara e o Claro Enigma decidiram, então, abrir a discussão para pesquisadores, leitores e colaboradores. A revista publicará os artigos apresentados durante o evento e convida os que quiserem integrar-se nesse debate a contribuir criativamente com contos, poemas e crônicas.

Envios até o dia 2 de fevereiro de 2018

Normas de envio

1) Você tem um texto que cabe na nossa edição? Aceitamos contos, crônicas, resenhas, poemas, artigos acadêmicos e ilustrações! Mas veja bem, seus textos devem seguir os padrões abaixo:

• Contos, crônicas e resenhas devem ter no máximo 5 páginas;

• Poemas devem ser apenas dois por autor (a);

• Artigos Acadêmicos devem ter no máximo 10 páginas.

• Ilustrações, fotografias, charges, quadrinhos e colagens

2) Todos os textos devem ser enviados para o nosso e-mail, revistaodara@gmail.com, com o título “Submissão de texto”.

3) Mande o seu texto num arquivo docx e junto com ele nos envie uma foto sua (com essas dimensões: 279x279 pixel), uma pequena biografia e, se possível, uma imagem que dialogue com o seu texto (2160x472 pixel). Se no corpo do seu texto houver uma imagem, confira se ela tem essas dimensões: 688x397 pixel.

Nós, Odaras, agradecemos!