ISSN: 2595-6213




Odara

A Odara é uma publicação semestral dedicada a discussão, pensamento e arte, mantida e editada por alunos da Faculdade de Letras da UFRJ. Sua circulação eletrônica é de acesso livre.

A chamada para nossa próxima edição já está aberta! Clique aqui

Número atual

Vol.5, nº6, 2018: A voz dela é da força de um punho

Dezembro de 2018. Mais de nove meses desde o assassinato de Marielle Franco e seu motorista, Anderson Gomes, no bairro Estácio, região do centro do Rio de Janeiro. Nove meses desde que a vereadora mulher, negra e favelada foi calada através dos tiros de uma arma sem dono, uma arma sem atirador. G.H, ao tentar narrar o episódio da barata (ainda estamos falando da barata, ao que parece), diz que precisa segurar uma mão, uma mão sem rosto, porque não consegue imaginar um rosto para a mão. O assassino de Marielle também é uma mão sem rosto; uma mão que apertou o gatilho e hoje, nove meses mais tarde, ainda continua sem feições.

Leia mais

Chamada para próximo número

Vol. 6, nº 7, 2019: Testemunha é aquela que fica - 68 ainda

Para a próxima edição da Odara, propomos, da mesma forma que ocorreu no ano passado, uma parceria com o Claro Enigma, evento organizado por monitoras e monitores do departamento de Ciência da Literatura. O Claro Enigma de 2018 ocorreu nos dias 31 de outubro e 1 de novembro, na semana seguinte da catastrófica eleição presidencial e tinha como título, não coincidentemente, “Testemunha é aquela que fica - 68 ainda”. O evento tinha como principal objetivo pensar os 50 anos desde 1968 e trazer para a discussão as semelhanças e diferenças em relação às atualidade. A mesa de abertura contou com a presença de José Almino, escritor e testemunha do período sombrio da Ditadura Militar brasileira e Lucas Pedretti, membro da Comissão da Verdade e um dos organizadores do projeto “Ocupa DOPs”. O evento foi um grande sucesso no que diz respeito a quantidade de público e às apresentações de trabalhos.

Dessa forma, a Odara vai publicar os textos apresentados no evento e abre chamada para o que chamamos de “textos de criação”. Então, se você tem ou quer escrever contos, crônicas, poemas, resenhas que se encaixem no tema “Testemunha é aquela que fica - 68 ainda” não deixe de nos mandar! Aceitamos também trabalhos visuais, como ilustrações, quadrinhos e fotografias. Os textos e/ou imagens devem ser submetidos até dia 17/04.